ACONTECE NA PROJETO | CRÔNICAS SEMPRE ALUNOS
FERNANDA ALVES

Prestes a se formar em Engenharia Naval pela Escola Politécnica da USP, a Sempre Aluna, Fernanda Alves (22) resgata em suas memórias o gosto pela matemática – e pelas exatas, que nasceu e foi alimentado nos tempos que estudou na Projeto Vida. Jogadora de futebol pelo time da Poli, Fernanda foi campeã do torneio Interusp, em 2014. Sempre incentivada a praticar esportes, o futebol ocupa um lugar especial na vida da Sempre Aluna: "As minhas melhores amigas hoje são da época em que jogávamos futebol na Projeto. Nada melhor do que você fazer com os seus amigos esse trabalho em equipe."

Decidida quando fala sobre o seu futuro, Fernanda tinha o sonho de ser uma engenheira aeroespacial e trabalhar na NASA, a agência aeroespacial norte americana. Sonho e realidade se misturam no presente de Fernanda. Trabalhando atualmente em uma empresa de consultoria, ela afirma que as possibilidades de crescimento acelerado na carreira são reais, mas a médio prazo, pondera: "uma carreira na indústria é mais viável".

Ela sempre quis fazer engenharia mecânica, mas no intercâmbio que realizou na Alemanha que sua visão foi alterada, não só sobre opções acadêmicas, mas também sobre a vida. Durante um ano e meio ela fez uma graduação sanduíche e cursou Engenharia Mecânica na Universidade Técnica de Darmstadt, na cidade de Darmstadt – estado de Hessen, e estagiou na Mercedes.

Mas essa experiência fez com que ela desse outro rumo para a graduação em engenharia e resolveu ingressar na área engenharia naval, porque a área de logística pareceu ser mais atrativa para ela.
As viagens que realizou no Fundamental com os amigos da escola ainda estão e ficarão na memória pelo resto da vida, e o teatro também: "O teatro foi uma atividade muito gostosa para mim. Ao mesmo tempo, muita gente nunca tinha feito teatro então rolava aquela vergonha, aquela dificuldade, mas quando você olha de fora, você percebe que a escola mobilizou uma turma inteira. No final da peça vimos o quanto a gente se uniu em prol de um objetivo comum, ao mesmo tempo todos estavam desenvolvendo diversas habilidades. O teatro foi algo realmente importante."

Nota-se em Fernanda a sua sólida formação, através de suas escolhas, da forma como comunica com franqueza e da afetividade que emerge quando fala em temas importantes. Talvez por isso ela preste essa espécie de homenagem espontânea à Projeto: "Eu tive uma infância muito boa. A Projeto é uma escola que incentiva os alunos a irem atrás do que eles querem. A escola incentiva os alunos a pensarem, a falarem e serem ouvidos. A Projeto ensina o valor dos momentos especiais da vida e sempre incentivou os alunos a tratar todos da mesma forma, inclusive os alunos especiais. A Projeto foi muito importante para a minha formação."