ACONTECE NA PROJETO | CRÔNICAS SEMPRE ALUNOS
JOÃO ALEX DE SÁ BUGELLI

A Projeto Vida, pelo Sempre Aluno João Álex é um mosaico colorido de memórias.

João de 19 anos tem uma longa história na Projeto Vida. Ele entrou na escola no G3, com 3 anos de idade e concluiu o Ensino Fundamental em 2012. Atualmente faz USP e embora seja bastante exigido por conta do curso não dispensa o contato com a família, namorada e amigos.

Cursando Marketing na USP João conta que se identificou com essa disciplina da administração, no ensino médio: "Eu escolhi marketing porque é uma área que engloba quatro coisas de que eu gosto: criatividade, administração, empreendedorismo e lógica matemática. No ensino médio fiz técnico em administração e a matéria de marketing foi a que mais se encaixava com meu perfil." Para ampliar seu conhecimento ele pretende estagiar em diferentes áreas, mas seu objetivo é empreender, ter seu próprio negócio.

O percurso do João até a universidade foi marcado por valores como, respeito ao próximo e às diferenças, habilidades e competências como a criatividade - estimuladas com as aulas de artes e teatro, e senso crítico. Esse contexto fez com que ele crescesse com uma visão crítica do mundo: "Para mim ser um cidadão crítico significa ir além do óbvio, ouvir diferentes pontos de vista, conseguir relacionar aprendizados, criar suas próprias reflexões, opiniões, questionamentos, se posicionar de acordo com o que acredita, sempre seguindo seus valores e ética."

As memórias afetivas ainda são muito presentes quando se fala em Projeto Vida: "Tenho boas memórias de quando estudava na unidade infantil, brincando nos parquinhos com os amigos. Depois, no 8º ano pude relembrar dessas memórias através da monitoria que fiz no G4. Tenho dois momentos que me marcaram: o primeiro quando ainda estava no infantil, eu e meu amigo Lucas Moredo encontramos um sapo e queríamos levá-lo para casa. A segunda memória foi uma experiência muito legal, que foi o teatro no meu último ano na Projeto Vida, onde atuei com um grande amigo, o Lucas França. Foi muito divertido."

Não importa o tempo que passou, nem se foi um churrasco no último dia de aula do 9º ano, ou uma viagem de encerramento para Barra Bonita com toda a turma, o que ficou para o João dessas experiências foram os laços afetivos e os aprendizados: "A turma era muito unida e foi muito bom passarmos um tempo juntos marcando o encerramento. Além disso, as viagens da Projeto Vida deixavam sempre uma marca, foram experiências inesquecíveis, até mesmo as viagens de estudos eram muito divertidas com a oportunidade para desenvolvermos autonomia."

Em alguns momentos as subjetividades do afeto falam alto. A união que se estabeleceu na passagem do João pela Projeto, com seus colegas de turma, professores e as mantenedoras foi importante para que ele caminhasse pela Educação Infantil e pelo Ensino Fundamental com segurança, "de uma maneira muito mais alegre, divertida e tranquila". A fala afetiva é natural para o João: "Tenho um grande carinho pelo Paulo, grande amigo, que até já foi em minha casa quando eu estava com problemas de saúde. Professora Tathiana, de matemática, diretoras Silvia e Mônica, professor Fábio de futebol - que tenho grande amizade, e a coordenadora Suzana, que até fomos no intercâmbio juntos.”

Algumas das memórias mais marcantes dos Sempre Alunos estão ligadas invariavelmente ao coletivo do qual fizeram parte. Assim como aconteceu com o João, cada episódio que marca a passagem dos alunos pela Projeto se torna uma peça única, de um mosaico multicolorido de memórias.