ACONTECE NA PROJETO | FORMAÇÃO DE LEITORES
SEMANA LITERÁRIA
REPORTAGEM

A cultura popular e a alma brasileira nas Semanas Literárias 2016

As Semanas Literárias de 2016 da Projeto Vida acontecerão entre os dias 25 e 29 de abril, para os pequeninos da Unidade Infantil, e entre 09 a 13 de maio, para os alunos da Unidade Fundamental. Câmara Cascudo, Ricardo Azevedo e a Sabedoria Popular, será o tema das Semanas Literárias, um período de imersão para toda a comunidade Projeto Vida na biografia e nas obras destes dois gigantes das letras brasileiras.

Se tivermos em consideração dois princípios pedagógicos da Projeto Vida, a ampliação e a valorização da cultura brasileira e da diversidade cultural, que podem ser compreendidos como as diversas formas de ser brasileiro e a extraordinária diversidade cultural do Brasil, então, a escolha dos autores não poderia ser mais adequada. O contato dos alunos com os escritores homenageados irá expor todos à sabedoria popular e às diversas dimensões da alma brasileira, assim, atribuirão significado às atividades propostas.

O elemento que une Luís da Câmara Cascudo (Natal, 30.12.1898 – Natal, 30.07.1986) e Ricardo Azevedo (São Paulo, 1949) é o interesse pela pesquisa e estudo do universo da cultura popular brasileira. Considerado o maior pesquisador do folclore e da cultura popular brasileira, Câmara Cascudo, historiador, antropólogo, advogado e jornalista, tornou-se conhecido internacionalmente por seus estudos pioneiros. O escritor, ilustrador, compositor e pesquisador, Ricardo Azevedo, desenvolve de maneira original novas formas de contar as narrativas populares, lendas folclóricas, advinhas, frases feitas, quadras, receitas culinárias e outras formas de expressão oral. Profícuos, ambos os escritores possuem em suas bibliografias mais de 100 livros publicados; algumas das obras se tornaram clássicos da literatura popular e infantojuvenil.

Em conversa com o Grupo de Comunicação da Projeto Vida, uma das fundadoras e diretora da Unidade Infantil, Mônica Padroni, fala sobre o lugar central que a formação de leitores ocupa no projeto da escola: “A formação do leitor é um aspecto prioritário em nosso projeto pedagógico, então, 'perseguir' um ou mais autores, fazendo com que toda a escola o estude é uma das ações nesse sentido. Nessa perspectiva, formar o leitor literário é muito diferente do que ensinar literatura. Os alunos vão criando uma intimidade com autores e obras.”

Em entrevista ao Grupo de Comunicação, Elisabete Vecchiato – a Bete, e Elenice Rodrigues, respectivamente, coordenadora cultural e a assessora de língua portuguesa da Projeto Vida, falam com paixão sobre a idealização e a organização das Semanas Literárias e atividades que antecedem o evento cultural. Em sintonia há 11 anos, período que trabalham juntas na Projeto, Bete e Elenice já desenvolveram diversas iniciativas culturais e pedagógicas em torno das Semanas Literárias, autores e literatura.

Bete esclarece que, “o estudo dos autores homenageados é curricular, ou seja, desde o início do ano letivo os alunos têm contato com os autores, através de estratégias pedagógicas adaptadas à necessidade de cada série.” As Semanas Literárias são o ponto alto do trabalho desenvolvido pelos alunos, sob orientação dos professores, a respeito da biografia e obras de Câmara Cascudo e Ricardo Azevedo. Nesse contexto a formação de professores conduzida por Elenice interferiu de maneira direta na concepção e criatividade dos projetos em curso. Os pais também irão participar da descoberta dos autores com seus filhos, a partir de atividades que serão encaminhadas para casa. Os resultados dos trabalhos desenvolvidos pelos alunos serão divulgados aos pais via ClassApp e Facebook.

Mas a diversão e o trabalho em torno dos autores não cessam após as Semanas Literárias, como diz Elenice: “Os alunos continuam lendo obras desses autores, ou por escolha pessoal ou por meio de mediação dos professores, com o objetivo de ampliar o desenvolvimento do comportamento leitor: ler para comentar, ler para refletir, ler para indicar a leitura, ler para trocar impressões. Posteriormente, a leitura desses autores passa a ser incorporada ao trabalho de leitura que ocorre como atividade permanente.”

Em síntese, o resultado das Semanas Literárias é a sistematização do conhecimento produzido e a apresentação dos trabalhos pelos alunos, sem esquecer da genuína e intensa troca de conhecimento entre todos. Afinal, a construção do conhecimento é uma ponte a ser arquitetada coletivamente, resultado da ação e da interação do aluno com o ecossistema Projeto Vida.

Grupo de Comunicação Escola Projeto Vida

A EDUCAÇÃO

BERÇÁRIO

O espaço onde está abrigado o berçário da Educação Infantil foi preparado com muito cuidado e carinho, priorizando o bem-estar dos nossos pequenos!

INFANTIL

A Escola Projeto Vida possui um espaço privilegiado. São seis parques voltados totalmente para os alunos com brinquedos diferenciados.

FUNDAMENTAL I

Do 2° ao 5° ano, a proposta pedagógica é desenvolvida por um professor "polivalente", que é responsável pelo ensino das disciplinas.

FUNDAMENTAL II

Do 6° ao 9° Ano, a proposta pedagógica é desenvolvida por professores específicos de cada disciplina.