A EDUCAÇÃO
EDUCAÇÃO FÍSICA

EDUCAÇÃO FÍSICA – A PARTIR DO G4

Nós da Projeto Vida entendemos a Educação Física como linguagem, uma área de conhecimento que amplia a discussão do movimento humano. Enxergamos a cultura corporal como um método, uma abordagem de ensino e aprendizagem. Nesse sentido, dialogar com a abordagem cultural é fundamental para entendermos como as práticas corporais – que são consideradas patrimônio histórico-cultural, são produzidas, transformadas e ressignificadas em cada cultura.

A partir dessa perspectiva, destacamos os dois grandes eixos de trabalho para a Educação Infantil:

Movimento – Aprender a se movimentar é o mesmo que adquirir habilidades motoras: além de se apropriar de novas ações corporais, a criança também aprende a conhecer seu corpo e a enriquecer suas possibilidades de se movimentar expressivamente. Desta forma a aprendizagem corresponde a um saber corporal que deve incluir todas as dimensões do movimento.

Brincar – A brincadeira define o espaço de elaboração constituído por uma linguagem simbólica, apoiada em brinquedos, objetos, materiais de construção, e é baseada em regras e estratégias de jogos. É a partir desse eixo que o mapeamento das práticas, a ampliação e a ressignificação de saberes, constituem uma das formas de construção do patrimônio cultural.

EDUCAÇÃO FÍSICA - ENSINO FUNDAMENTAL 1º ao 5º ano

A escola Projeto Vida entende a Educação Física como uma área de conhecimento que amplia o olhar sobre as práticas corporais e considera o objeto de ensino e aprendizagem as manifestações e artefatos da cultura corporal. Nesse sentido, dialogar com a abordagem cultural em Educação Física é fundamental para entendermos como as práticas corporais, consideradas patrimônio histórico-cultural, conhecidas por esportes, lutas, danças, ginásticos e jogos e brincadeiras são produzidas, transformadas e ressignificadas em cada cultura.

Nas aulas de educação física do ensino fundamental, no ciclo de 1o ao 5o ano, damos ênfase aos eixos de jogos e brincadeiras, danças, ginásticos e esporte. Nosso principal objetivo e trabalhar com a diversidade das práticas corporais, a construção de um repertório cultural e na observação das manifestações culturais de diversos entornos - diversidade cultural.

EDUCAÇÃO FÍSICA - ENSINO FUNDAMENTAL 6º ao 9º ano

O grande objetivo da Educação Física na escola Projeto Vida, no ciclo de 6o ao 9o ano, é de proporcionar aos alunos condições para que se expressem por meio da linguagem gestual e interpretem seu sentido e significado, nos mais variados contextos, visando à comunicação e compreensão dos sentimentos, valores, crenças e conceitos manifestados pela gestualidade. Para a seleção, tanto dos objetivos como dos conteúdos para serem desenvolvidos na área de Educação Física, consideramos o contexto multicultural.

Neste sentido, os eixos norteadores da LDB, nos servirão como base para o desenvolvimento de nossa atuação. Ao brincar, dançar, lutar, fazer ginástica ou praticar esportes, os seres humanos se comunicam e transformam em linguagem o movimento. Este gesto esta marcado por uma representação social, cultural e política, que constitui a identidade de um sujeito, de uma comunidade.

Para os dois ciclos:

Para isso selecionamos objetivos que consideramos relevantes para essa área de conhecimento.
São eles:

- Conhecer, vivenciar e interpretar o maior número possível de manifestações de cultura corporal presentes no universo cultural;
- Compreender as práticas da cultura corporal como forma legítima de expressão dos grupos sociais;
- Reconhecer que as práticas corporais são manifestações históricas, sociais e políticas de um determinado grupo;
- Reconhecer e valorizar as características e qualidades dos representantes dos diversos grupos culturais, expressas pelas manifestações da cultura corporal;
- Participar de atividades corporais, estabelecendo relações equilibradas e construtivas com os outros, reconhecendo e respeitando características físicas e de desempenho em si próprio e nos outros, sem discriminar por características pessoais, físicas, sexuais ou sociais;
- Vivenciar e sistematizar os conhecimentos relacionados às diferentes práticas corporais preservando seu sentido lúdico, adaptando-as conforme as necessidades do grupo.